Exemplo de roteiro / trilha para a Cachoeira da Fumacinha e Buracão

Partindo do Vale do Capão seguimos de carro até o município de Ibicoara. Para chegar ao início da trilha rumo à Cachoeira da Fumacinha percorremos cerca de 200 quilômetros entre estradas de asfalto e estradas de barro. Iniciamos a trilha no povoado do Baixão e após cinco horas de trekking chegamos na Cachoeira da Fumacinha. Montamos acampamento e preparamos o jantar.

CACHOEIRA DA FUMACINHA E BURACÃO

Chapada Diamantina

 

Trilha que exige do visitante espírito de aventura, condicionamento físico, atenção e flexibilidade. Para acessar o cânion da Fumacinha caminhamos por dentro do rio, pulando pedras e seguindo a mata ciliar. O cânion da Fumacinha abriga um dos ecossistemas mais intocados do acesso sul do Parque. ​ O formato deste roteiro nos permite a visitação de duas das cachoeiras mais importantes (Buracão e Fumacinha) do extremo sul do Parque Nacional em apenas dois dias de trekking. Dessa maneira, dividimos bem o tempo de caminhada diária e proporcionamos um acampamento selvagem dentro do parque.

 

Equipamentos fundamentais:

Uma boa bota adaptada aos pés; mochila confortável; roupas leves para caminhar; calças e camisas de manga compridas; boné; protetor solar; lanterna; cantil; saco de dormir; isolante térmico; barraca (opcional); estojo de primeiros socorros

 

Alimentação:

O cardápio pode ser adaptado a cada grupo de acordo com as preferências e possibilidades. Toda a estrutura de cozinha e alimentos serão divididas entre os participantes. Bom lembrar que os Guias da Chapada Diamantina são conhecidos como ótimos cozinheiros.

Investimento: 

R$ 250,00 / diária por pessoa